Líder isolada da Série B, Chape já teve 43 infectados desde início da pandemia

Líder isolada da Série B do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense pode ter jogadores recuperados de COVID-19 na partida contra o CruzeiroAylonAnderson Leite, Derlan Joilson passarão por avaliação médica e novos testes antes do jogo desta terça-feira, às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó-SC, pela 23ª rodada

 

O zagueiro Derlan, o volante Anderson Leite e o atacante Aylon testaram positivo para COVID-19 no dia 14 deste mês.  De acordo com protocolo da CBF, que determina o prazo de dez dias de afastamento aos contaminados pelo coronavírus, o trio poderia enfrentar o Cruzeiro, caso não apresente sintomas da doença. 

 

O zagueiro Joilson, diganosticado com a doença uma semana antes do trio, pode voltar a ser relacionado. Já o volante Ronei é desfalque do técnico Umberto Louzer devido ao terceiro cartão amarelo. 

 

Desde o início da pandemia, a Chapecoense teve 43 casos de COVID-19. O clube não divulga os nomes dos infectados. Segundo informações da imprensacatarinense, foram 26 atletas e 17 membros da comissão técnica que já testaram positivo. 

 

Na liderança da Série B, com 47 pontos, sete a mais que o América, segundo colocado,  a Chapecoense está invicta há 17 partidas. A última derrota da Chape na competição foi diante do Cuiabá, por 2 a 1, em 28 de agosto, pela sexta rodada. Desde então, os catarinenses somam 10 vitórias e sete empates. O Cruzeiro tem 25 pontos e ocupa o 15º lugar da tabela.

Deixe seu Comentário